Sinto


Sinto
que em minhas veias arde
sangue,
chama vermelha que vai cozendo
minhas paixões no coração.

Mulheres, por favor,
derramai água:
quando tudo se queima,
só as fagulhas voam
ao vento.

Federico García Lorca, in 'Poemas Esparsos'
Tradução de Oscar Mendes

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Frescura matinal

1 ano