domingo, 12 de abril de 2015

Agora que aqui estás

Antes de teres chegado não te conhecia,
mas já te esperava.
Não conhecia o teu sorriso, o teu olhar,
mas já o ansiava.
O passado foi vivido sempre com o sonho
de um dia os nossos corações se encontrarem.
Não sabia da tua expressão,
do teu movimento coreográfico,
que rege a minha vida.
Não sabia que eras grande,
na tua ausência vivia feliz,
na ignorância de uma felicidade
imensamente maior
Agora que aqui estás,
sorrio comigo mesmo,
pleno de felicidade,
com um coração cheio
para partilhar contigo.