Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2018

Ânsia de descobrir

Na ânsia da descoberta
Empreendeu viagens grandiosas,
Pelo mundo conhecido e desconhecido.
Aventuras sem fim,
Paisagens de contemplação,
Riquezas incalculáveis,
Amizades fugazes.

Mundo percorrido,
A ânsia permanecia
Levemente saciada,
Mas ainda mordaz, acutilante.

Percebeu então
Que poderia correr todos os mundos,
Do imenso universo,
E nunca calaria aquela voz.

Nova viagem teve início,
Sem tempo nem espaço.
Ao mais profundo do seu próprio ser,
Numa descoberta extraordinária,
Que nenhuma viagem por terra, ar, ou mar poderia cumprir.

Nessa demanda foi-lhe revelado que no seu ser brotava o universo e este era o seu próprio ser.