Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2016

Frescura matinal

E é naquele momento, ao saborear a frescura do orvalho da manhã, dos campos brancos de geada, do frio gélido que a névoa te faz chegar, que pressionas o play e aquela música permite as condições ideais, numa simbiose perfeita para que o teu mais profundo ser, a tua essência, se manifeste. Passando pelas camadas do teu corpo socializado, camada após camada de condicionamento até que à flor da pele tomas conhecimento do todo. O simples torna-se magnânimo, o complexo deixa de existir. Por um momento sentes o pleno, o sorriso é a expressão mais visível desse sentimento, que lá no fundo te eleva grandemente.