Shaktí* (XIII)

Os seus rasgados olhos de criança têm uma doce expressão, contudo deles irradia um fogo imenso, um selvático calor, um misto de pureza com expansão energética, característica de quem tem a criação no sangue. A nativa ancestralidade está presente em si.

A coreografia da vida passa-lhe pelos dedos e na sua inocente expressão revela a experiência de anos de trabalho e dedicação à arte.

Há em si um mundo de possibilidades e o seu coração não conhece limites.

Haja quem consiga acompanhar o seu sonho e o mundo será diferente, será uma dança constante onde a beleza reina e o povo rejubila.

---
* Shaktí - Energia, força. Esposa ou companheira no sádhana tântrico. Mãe divina.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

1 ano

Aroma a feno