quinta-feira, 31 de março de 2011

O meu bom amigo Faísca

Sempre quis ter uma animal de estimação, ou melhor, uma amigo de quatro patas. Por vontade minha, e da maioria das crianças, teria tido um amiguinho desses desde tenra idade. O mais próximo que tive foi o Fadista, cão do meu avô, que eu adorava, quando ainda vivia na aldeia, em plena Serra do Montemuro.
Os meus pais sempre foram maravilhosos, mas no que a animais diz respeito nunca quiseram ter um em casa.
Agora que vivo no meu próprio espaço, há quase uma década, apercebi-me que também nunca me disponibilizei para arranjar uma companhia peluda, um anjo peludo, como lhes chama o educador DeRose. Várias desculpas, falta de tempo, responsabilidade necessária, encargo financeiro, onde o deixar quando viajo, etc.
A sorte, no entanto, bafejou-me com a companhia de um ser amoroso, felpudo, pequenino e um misto de ternura e traquinice, sem que tenha a responsabilidade de me preocupar com a sua alimentação, com a caixinha das suas necessidades, com as necessidades básicas, pois é o gato do meu vizinho, o Faísca, que todos os dias salta para a minha varanda e que mia até eu lhe abrir a porta. Só descansa depois de eu brincar com ele alguns minutos, caso contrário anda atrás de mim e salta-me para os pés, fazendo-me tropeçar.
Gosta de mim sem interesse, visitava-me somente para a brincadeira.
Passaria as manhãs a brincar com ele, mas como o tempo não o permite, há alturas em que não o posso deixar entrar em casa e ele fica a "chorar" do outro lado da janela a clamar. Parte o coração.
Neste momento, que escrevo estas linhas, ele está aqui ao meu lado - ver foto abaixo - pronto para a rebaldaria.
Partilho também um vídeo feito hoje. A alegria depois do seu amigo humano ter estado alguns dias sem o deixar entrar em casa.

Os animais são nossos amigos, vamos ser amigos deles também.



Música do vídeo: We're Going to Be Friends, do álbum White Blood Cells, dos The White Stripes.

7 comentários:

DeTigre disse...

QUE LINDO, Marco!! Poça!! Quase chorei de alegria a ver o vídeo! Como as pequenas coisas são lindas! Fiquei tão feliz!!

Obrigado amigo! Bonito post!

Marco Santos disse...

Ainda bem que gostaste, amigo do coração.
Abraço forte.

Martinha disse...

Pois aqui a loirinha, ficou mesmo com a lagriminha :)...fiquei tão emocionada k nem consigo escrever nada...tão lindo!

Marco Santos disse...

Eh eh.
Beijinho.

Inês disse...

Que fofinho :)

e são mais que amigos...são família:)
Beijinho
Inês

Marco Santos disse...

É isso Inês, ele já faz parte da casa. Ou serei eu que faço parte da casa que ele julga ser dele. :D

Beijinhos.

Maria disse...

Sei o que é teres que fazer coisas e teres um bicho peludo a melgar, e sabe tão bem prevaricar, às vezes! O prazer de não cumprir um dever, como diz o poeta.
O Faísca é muito fofo!
Beijinhos