Sol nascente

Nasce o Sol atrás daquele morro e o brilho dos seus raios, filtrados pelo orvalho da manhã, chegam a mim puros de energia. Os tons alaranjados cobrem-me o rosto num doce arrepio, absorvendo a essência do universo. Permaneço imóvel sentindo a luminosidade que toca o meu corpo, e com uma inspiração profunda, cutânea, renovo-me de animo ao mesmo tempo que elevo os braços para abraçar o momento.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

1 ano

Aroma a feno