Afunilamento de um futuro imprevisível

Depara-se à minha frente uma estrada a perder de vista. Afunilamento de um futuro imprevisível.
Olho para trás e a via estende-se também longamente, contudo num cenário familiar.
A adrenalina estimulada pelo desconhecido, um sentimento dicotómico de medo e prazer em simultâneo.
De um lado, pessoas amigas, com um sorriso pronto e uma mão sempre disposta a apoiar. Do outro, o negativismo de tantos, a lamentação, a descrença que nos influência e que diariamente nos obriga a ser mais fortes, a lutar por aquilo em que acreditamos.
Nesta caminhada de altos e baixos vejo a via desobstruída, haja vontade de seguir caminho, hajam forças para contornar eventuais obstáculos, que nos fazem desviar do rumo, mas que se revelam, quase sempre, lições de vida.

Comentários

Inês disse…
Já estou com saudades...
para onde vais?

Beijinho
Inês
Marco Santos disse…
Vou sempre em frente Inês, espero que me acompanhes :)

Beijinho.

Mensagens populares deste blogue

1 ano

Aroma a feno