Dia de praia.

Vivo a 20 minutos a pé da praia, mas, infelizmente, chego a estar um mês sem lá ir. Talvez deva reorganizar as minhas prioridades.
Ontem fui. Confesso que não sou muito dado a tostar, mas aprecio sobremaneira o prazer de relaxar deitado a ouvir o som das ondas. Gosto de passear pela areia molhada e sentir a água fresca nos pés.
Ontem, senti aquela felicidade de criança e um apetite enorme de correr e saltar naquele cenário maravilhoso de fim de tarde. Acompanhado da minha irmã aproveitei para registar alguns momentos e partilhá-los com vocês.

Comentários

Carreira disse…
Quem me dera fazer parte das fotos!
Seria sinal de que também estava a ouvir as ondas e a sentir a areia molhada.
Bons passeios, à beira-mar.
Abraço!
Ilda Oliveira disse…
Olá Irmão da Alegria e da Paz...
Entrei em teu blog seguindo a seta ada Intuição...
Que bom foi entrar na tua casa!
Tua ida à praia lembrou-me outro momento. Um dia fui com uns amigos à praia, um deles disse Ilda quero ficar juntos às Ondas a relaxar..OK? risos...eu estava como as crianças a sorrir e a brincar. Foi então que eu lancei um desafio. Brinca comigo...ri...salta...depois já meditas...OK?
Aceitou o desafio...e brincamos ...
Depois ficamos até em pé na areia de braços abertos somente a escutar o som das ondas e...Voamos...de uma forma Serena e bonita...
Por isso sempre digo que Sempre serei Criança .
Foi bom aqui estar voltarei mais vezes.
Recebe um Abraço e 3 sorrisos
O 1º para o coração (Lar/Inicio)o 2ºnos lábios e o 3º no olhar por reflexo do 1º...
Até Breve
Marco Santos disse…
Obrigado Ilda Oliveira pelas doces palavras.
borbulha disse…
Sim, talvez devas mesmo.

Mensagens populares deste blogue

Frescura matinal

1 ano